RECICLAGEM DE PET
SABIA QUE?

O PET É O PLÁSTICO MAIS RECICLADO NO MUNDO.
O PET PODE SER RECICLADO VÁRIAS VEZES E USADO EM VÁRIOS PRODUTOS.
A PROCURA DO PET É ELEVADA E A OFERTA É LIMITADA, PELO QUE, QUANTO MAIS PET FOR RECICLADO, MAIS SERÁ UTILIZADO.
A RECICLAGEM DE PET ECONOMIZA ENERGIA, REDUZ AS EMISSÕES DE GASES E CRIA EMPREGO.

PET (Politereftalato de etileno), polímero termoplástico desenvolvido em 1941 por dois químicos britânicos (Whinfield e Dickson), foi inicialmente utilizado sob a forma de fibra têxtil e embalagens, mas hoje é essencialmente valorizado em embalagens alimentares e farmacêuticas.


Atualmente, o PET permite a criação de garrafas; embalagens diversas; placas para estufas; fios de pesca; matrículas para automóveis; malhas polares; fibras têxteis (poliéster); fios de vassouras, entre muitas outras aplicações. O desenvolvimento de componentes para automóveis e de soluções de iluminação são ainda duas das áreas em crescente expansão com o recurso a este plástico.

Em suma, o PET é uma forma de poliéster transparente, leve, forte, que permite a criação de materiais e embalagens seguras, inquebráveis e recicláveis
.


O PROCESSO DE RECICLAGEM

Na ECOIBÉRIA as matérias primas utilizadas são reunidas em lotes e identificadas sequencialmente para permitir a sua rastreabilidade ao longo de todo o processo de reciclagem.
O plano de produção implementado determina quais as embalagens de PET que entram no ciclo produtivo: numa primeira fase são seleccionadas automaticamente e, numa segunda fase, são seleccionadas com apoio humano.
Após a triagem, o material é moido em pequenas frações, passando depois por um sistema de lavagem a quente. Por fim, este entra num sistema de separação ótico, onde são eliminados todos os contaminantes, garantindo assim um elevado padrão de qualidade do produto resultante, os FLAKES de PET.